Publicado em Escrita criativa

Pensamentos durante uma noite insone

Uma embaralhada São Paulo

É o existir que dói. São os erros. São as marcas. São as cicatrizes. São as insignificâncias do ser cujo cérebro não cala a boca nem na hora de dormir porque o cérebro não tem pulmão e não precisa respirar pra falar e logo também não precisa de vírgulas ou travessões ou parênteses apenas um divagar infinito que obriga seu dono a entrar nesse ritmo frenético e não parar nunca a não ser quando a exaustão toma conta do corpo por estar sendo utilizado ao seu limite. E tudo por conta de uma frase mal dita. Uma frase maldita. Um reconhecimento que se espera e que nunca vem. Nunca vai vir. Um sentimento que remonta à infância e que a inunda de repente, afogando todos os poros de todas as partes possíveis do corpo. Um afogamento que nunca se espera, nunca se quis. Um afogamento de que se tem medo e, ao mesmo tempo, ao qual se quer se render. Porque colocar a cabeça para fora da água fica cada vez mais difícil. Porque viver ou morrer dá na mesma e até mesmo uma pandemia não causa absolutamente pânico nenhum. E ela escreve, escreve e escreve. Segue o fluxo da água metafórica que a afoga. Deixa tudo sair em palavras, já que não sai em lágrimas. Palavras são o que restam quando o mundo está ruindo e se é apenas um ser no meio do universo, sem propósito algum. O mundo gira e o ser gira também, tentando transformar o movimento ao menos numa dança bonita. Porque se alguma coisa nela for bonita, já está valendo.

Autor:

Leitora assídua, tradutora, intérprete (sim, são duas coisas diferentes), bookstagrammer, escritora em construção. Hipérbole é meu nome do meio.

2 comentários em “Pensamentos durante uma noite insone

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s